top of page
  • Foto do escritorglowpopbr

5 Seconds of Summer faz show criativo, interativo e fascinante no Rio de Janeiro

Crédito: Thaís Monteiro (@thaclicando)


No último domingo (23), a banda “5 Seconds of Summer” se apresentou no Vivo Rio, após 6 anos de espera, dando início por aqui a turnê mundial. A banda que somente havia passado pela Argentina.


Ao chegarmos no local do show, já dava para ver que o público em peso desde cedo, quase todo mundo vestia camisetas ou acessórios dos meninos, isso quando o look não era customizado com algumas frases.


Para começar bem a noite, o espetáculo contou com a abertura da incrível cantora Day Lims, que acompanhada de uma super banda conseguir aquecer os motores do público que esperava por ali ansiosamente a chegada da banda, além de apresentar suas músicas como “Minha religião”, “Finais mentem”, “Muito além” que cada vez mais alavancam sucesso dentro da promissora carreira da artista, a mesma apresentou o cover de “Little Things”, do grupo One Direction.


Crédito: Thaís Monteiro (@thaclicando)


E assim, era chegada a hora mais aguardada da noite, no entanto antes de começar o espetáculo, um curioso vídeo foi passado nos telões, informando sobre as medidas de segurança, no que quando se trata de show foi bem diferente esse alarde, mas pelo visto teria pra ter uma ideia do que estava por vir, aliás, o show foi um dos mais criativos e interativos que já pude presenciar.


A banda formada por Luke Hemmings (vocal/guitarra), Michael Clifford (vocal/guitarra), Calum Hood (vocal/baixo) e Ashton Irwin (vocal/bateria) subiram ao palco com um pouco de atraso, mas nada que isso atrapalhasse os fãs, aliás, foram super educados, pois nesses casos costumam reclamar e etc.


Crédito: Thaís Monteiro (@thaclicando)


O show contou com uma mistura de ao vivo, com vários pequenos curtas-metragens quebrando a quarta-parede em sua maioria, quando eles falam diretamente com o público. Ou seja, como falei anteriormente, foi um dos shows mais criativos que já vi, pois foi tudo roteirizado perfeitamente, desde aqueles pequenos filmes que levavam diretamente ao próximo ato do show, como uma espécie de transmídia, até a batalha de gritos contra o baterista e como foi pensada a ação da música surpresa.


O show foi aberto com “Bad Omens” que é faixa do mais recente álbum de estúdio da banda “5SOS5”, e sim, todas as músicas, inclusive esta os fãs sabiam cantar de có. Além de cantarem seus principais sucessos como: “Amnesia”, “Teeth”, “Ghost of you”, “She Looks So Perfect” e músicas do álbum novo, que na minha opinião, já estava tão na boca dos fãs que pareciam antigas, como “Blender”, “Caramel”, “Best Friends”, dentre outras! Mas o que mais me impressionou foi a “Surprise Song”, que alguns artistas já fazem, como Taylor Swift e Coldplay. Eles usaram um dado gigante com várias músicas para definir a música surpresa, que desta vez foi “If you Don’t Know”, que não é tocada ao vivo desde 2017.


Crédito: Renata Belich


O show foi lindo, impactante,criativo,  cheio de cores, iluminação e interação da banda com o público foi perfeita. Encerraram o show com nada mais que seu maior sucesso “Youngblood”, e claro, o público fez bonito.


Vocês podem conferir como foi o show em nossos destaques dos stories.



Comments


bottom of page