top of page
  • Foto do escritorglowpopbr

'Beetlejuice, o musical': o grande sucesso da Broadway chega ao Rio de Janeiro em outubro

Musical entra em cartaz a partir de 06 de outubro, no Rio de Janeiro, na Cidade das Artes, e segue para São Paulo em 2024


Crédito: Leo Aversa


No final dos anos 80, o cultuado diretor Tim Burton lançou um clássico instantâneo, que atravessou gerações: a comédia ‘Beetlejuice – os fantasmas se divertem’. O sucesso foi tamanho que, mais de 30 anos depois, o filme se transformou em um musical da Broadway, que estreou em 2019, sendo indicado a oito Tony´s Awards. E agora, finalmente, chegou a hora da versão brasileira, com direção de Tadeu Aguiar e produção geral de Renata Borges Pimenta. O musical começa sua temporada no dia 06 de outubro, no Rio de Janeiro, na Cidade das Artes. Com produção da Touché Entretenimento e apresentado pelo BB Seguros, ‘Beetlejuice, o musical’ tem Eduardo Sterblitch no papel título e segue para São Paulo em 2024.


A montagem brasileira tem um super elenco de 26 atores: além de Eduardo Sterblitch, Ana Luiza Ferreira (Lydia Deetz), João Telles (alternante Beetlejuice), Lara Suleiman (alternante Lydia Deetz), Helga Nemetik (Barbara Maitland), Marcelo Laham (Adam Maitland), Laura Visconti (cover Barbara Maitland), Flávia Santana (Delia Deetz), Joaquim Lopes (Charles Deetz), Sylvia Massari (Juno), Gabi Camisotti (Skye e alternante Lydia Deetz), Maju Tatagiba (ensemble e alternante Skye), Pamella Machado (Miss Argentina e alternante Barbara Maitland), Tauã Delmiro (Otho), Erika Affonso (Maxine e alternante Miss Argentina), Jorge Maya (Maxie), Tabatha Almeida (ensemble e cover Lydia Deetz), Thiago Perticarrari (ensemble e cover Adam Maitland), Léo Rommano (ensemble e cover Charles Deetz), Ana Araújo (ensemble e cover Delia Deetz e Maxine), Thór Junior (ensemble e cover Maxie), Thadeu Torres (ensemble), Larissa Venturini (ensemble), Edmundo Victor (ensemble), Tecca Maria (swing) e Vicenthe Oliveira (swing). O diretor Tadeu Aguiar não esconde a empolgação: “foi um desafio encontrar um elenco que cantasse, dançasse e, principalmente, fosse de bons atores. Acho que chegamos a um elenco excepcional. Foram mais cinco mil inscritos, mais de quinhentos testados”, celebra.

‘Beetlejuice, o musical’ tem libreto original de Scott Brown e Anthony King e música de Eddie Perfect. A versão brasileira é de Claudio Botelho. A ficha técnica é repleta de grandes nomes do teatro musical: Laura Visconti (direção musical), Renato Theobaldo (cenografia), Dani Vidal & Ney Madeira (figurino), Sueli Guerra e Roberta Serrano (direção de movimento/coreografia), Dani Sanches (desenho de luz), Gabriel D´angelo (desenho de som), Anderson Bueno (visagismo) e Lucas Pimenta (assistente de direção).


Tadeu Aguiar revela que o icônico filme que originou o musical foi também uma fonte de inspiração para sua direção. “Revi o filme e assisti o espetáculo na Broadway. Adoro a estética imposta pelo Tim Burton e seria tolo de não usar essa inspiração. É meio como o movimento antropofágico da semana de 22. Beber na fonte e reescrever do nosso jeito”. O diretor pontua, entretanto, que tudo terá uma assinatura autoral. “A peça terá um olhar brasileiro, humor nosso, de artistas com características histriônicas. Isso é bom para muitos personagens do espetáculo”, complementa.


Com direção de Tim Burton, o filme ‘Beetlejuice, os fantasmas se divertem’ foi um grande sucesso de bilheteria em 1988, tornando cultuado o personagem título, interpretado por Michael Keaton. A trama gira em torno de um casal recém-falecido em um acidente de carro (Alec Baldwin e Geena Davis) que se tornam fantasmas presos em sua antiga casa. Com a chegada de novos moradores (Catherine O'Hara, Jeffrey Jones e Winona Ryder), eles precisam da ajuda de um fantasma mais “experiente”, justamente o Beetlejuice, que se utiliza de métodos não muito ortodoxos para expulsar os inquilinos recém-chegados. O filme teve sua continuação anunciada, com estreia prevista para 2024.


O musical estreou na Broadway com grande sucesso de público e crítica, sendo ainda indicado a sete Drama Desk Awards, quatro Drama League Awards e quatro Outer Critics Circle Awards. A montagem brasileira pretende manter todo o humor e magia que fizeram dessa história um clássico moderno. Tadeu Aguiar revela que a cenografia será um dos destaques da montagem: “a cenografia do Renato Theobaldo é genial. Conseguiu me presentear com tudo aquilo que eu admiro e pretendo num musical quando eu dirijo. Magia e dramaticidade. São cenários gigantescos”, exalta.

´Beetlejuice, o Musical´

Estreia: 06 de outubro

Local - Cidade das Artes - Grande Sala

Temporada até 10/12

Sessões de quinta a domingo

Horários:

Quintas e sextas - 20h30

Sábados e domingos - 16h e 20h30

Preços:

Plateia: R$ 300,00 (inteira) / R$ 150,00 (meia)

Frisa Lateral: R$ 250,00 (inteira) / R$ 125,00 (meia)

Camarote: R$ 250,00 (inteira) / R$ 125,00 (meia)

Galeria: R$ 200,00 (inteira) / R$ 100,00 (meia)

Ingressos: Sympla

Duração: 2h30min (com intervalo de 15min)

Classificação etária: 10 anos



Comments


bottom of page