top of page
  • Foto do escritorglowpopbr

Festival do Rio anuncia seleção completa e programação dos cinemas

Ingressos começam a ser vendidos na próxima segunda, dia 2



De 5 a 15 de outubro, o público vai conferir uma seleção completa com mais de 200 títulos, entre nacionais e internacionais, no Festival do Rio 2023. É uma oportunidade única de assistir aos títulos mais esperados e comentados nos maiores festivais internacionais, além dos nacionais inéditos da Première Brasil, os quais disputam o Troféu Redentor e os Hors-Concours. Os ingressos começam a ser vendidos na segunda-feira, dia 02 de outubro, no site da Ingresso.com. Durante o Festival, haverá venda nas bilheterias dos cinemas.

A programação oficial tem sessões especiais, exibições com acessibilidade, mostras paralelas, homenagens e uma seleção de títulos que refletem a diversidade e a variedade da produção brasileira e internacional. Para atualizar o debate sobre inovação no audiovisual, o RioMarket apresenta mesas e masterclasses para o mercado e uma seleção aberta ao público com ingressos gratuitos, sob inscrição prévia na nova sede do Festival, na Glória.

A Gala de Abertura, que acontece no dia 5 de outubro no Cine Odeon, abre a maratona cinéfila com “Atiraram no Pianista”, de Fernando Trueba e Javier Mariscal, este último estará presente no Rio para apresentar o primeiro filme de animação a abrir o evento. Um drama investigativo animado que celebra a música brasileira e a liberdade de expressão. A Gala de Encerramento, no dia 14, também não fica atrás no ineditismo com dois filmes: “Priscilla” - longa tão esperado dirigido por Sofia Coppola-, e “O Sequestro do Voo 375”, história que relembra o sequestro de um voo comercial da Vasp em 1998, dirigido por Marcus Baldini.

“O Festival do Rio é uma celebração e um convite a novas aventuras, guardando um profundo respeito pela nossa história. O Brasil é muito plural e podemos ver este retrato também nas telas do cinema. São diversas ações que criamos para os mais diversos públicos e gostos diferentes, para comemorar a edição histórica de 25 edições do festival”, conta Ilda Santiago, diretora executiva de programação do Festival do Rio.

O Festival do Rio marca presença por toda a cidade, na praia, e nas arenas culturais da Prefeitura e em centros culturais, como o da Caixa Cultural e Justiça Federal, que apresentam a mostra “A Cinemateca É Brasileira” e o Programa Geração, respectivamente. A programação paralela será anunciada em breve. O evento também irá receber, em noites de gala, quatro séries brasileiras, com entrada gratuita, mediante cadastro prévio divulgado nas redes sociais e no site do Festival. Filmes que destacam as narrativas LGBTQIAPN+ irão concorrer ao Prêmio Félix.

“A parceria com o Festival do Rio, um dos maiores e mais importantes da América Latina, é sucesso de público e crítica para a Shell. O patrocínio reflete nosso compromisso em impulsionar o desenvolvimento social, cultural e econômico, e reforça nosso papel como a segunda maior empresa apoiadora do setor cultural no Brasil por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Como patrocinadores, tentamos contribuir para um futuro mais inclusivo, celebrando a sétima arte e enriquecendo ainda o panorama cultural brasileiro”, explica Glauco Paiva, Gerente Executivo de Comunicação e Responsabilidade Social da Shell Brasil.

O Festival do Rio é apresentado pelo Ministério da Cultura, Shell e Prefeitura do Rio. Tem patrocínio master da Shell através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e apoio especial da Prefeitura do Rio – por meio da RioFilme, órgão que integra a Secretaria Municipal de Cultura e apoio FIRJAN e Ancine. Realização: Cinema do Rio e Ministério da Cultura / Governo Federal.

Jurados do Troféu Redentor - Festival do Rio 2023

Júri Principal: Laís Bodanzky (Presidente), Gaia Furrer, Isabél Zuaa, João Vieira Jr. e Renata Pinheiro

Júri Novos Rumos: Johnny Massaro (Presidente). Beatriz Seigner, Jéssica Ellen e Pedro Bronz

Jurados do Prêmio Félix 2023: Sandro Fiorin (Presidente), Andrea Capella, Pedro Henrique França e Wescla Vasconcelos

As Mostras do Festival do Rio

Première Brasil:

Mostras competitivas: Competição Oficial e Novos Rumos, com longas e curtas-metragens.

Hors-Concours - Filmes selecionados fora da competição.

Retratos - Cinebiografias de pessoas que marcaram a História e a Cultura do Brasil e do mundo.

O Estado das Coisas - Uma seleção de filmes que pensam e fazem pensar sobre o cenário da sociedade brasileira hoje.

A Première Brasil também realiza sessões e debates presenciais abertos ao público no Odeon e Estação NET Rio, sempre à tarde, com a presença das equipes dos filmes. Nas sessões do Odeon serão oferecidas gratuidades ao público, num limite de 100 ingressos. É uma oportunidade única para o público, profissionais e estudantes de conhecer o cinema brasileiro que estará nas telas durante o próximo ano.

Mostras internacionais:

Panorama Mundial: Principal mostra internacional do Festival do Rio, exibe os filmes dos mais importantes diretores do mundo e os destaques do cinema no ano, com os premiados dos grandes festivais internacionais.

Expectativa: Lugar da descoberta, é dedicada aos primeiros trabalhos de destaque de talentos promissores do cinema mundial e à filmografia de diretores e de países cujas obras ainda são pouco conhecidas pelo público brasileiro.

Première Latina: Vitrine do cinema latino-americano, que reúne filmes produzidos pela região, cujas obras com narrativas e estéticas diversas encontram semelhanças ao perpassarem questões culturais e históricas desse território.

Midnight Movies: Para tudo o que é proibido, diferente e tabu. Do terror ao sexo; do experimental ao simplesmente esquisito. A mostra conta também com uma seleção de clássicos da meia-noite.

Clássicos & Cults: Uma seleção anual de obras que marcaram seu tempo, seja pela importância cultural, pelo poder estético ou pela relação com o público e que merecem voltar a serem vistas na tela grande por antigas e novas audiências.

Itinerários Únicos: dedicada a documentários sobre as trajetórias singulares e inovadoras de personalidades artísticas e políticas.

O Estado das Coisas: retorna à programação internacional após muitos anos trazendo documentários que retratam as questões sociais, ambientais e políticas que reverberam no mundo contemporâneo, em diálogo com a mostra nacional de mesmo nome.

A Cinemateca É Brasileira - Mostra paralela da 25ª edição. Acontece de forma gratuita na Caixa Cultural do Rio de Janeiro e no Estação NET Rio, com títulos que decorrem diferentes momentos históricos, propostas estéticas e abordagens temáticas, demonstrando a riqueza do cinema brasileiro ao longo dos mais de 120 anos de sua história.

Programa Geração – Exibe filmes produzidos por ou para as novas gerações de criadores e cinéfilos. Em associação com a exibição de filmes, há uma série de atividades e oficinas gratuitas.

Para imagens e trailers:

As fotos e os trailers dos filmes estão no site do festival. Para acessá-los, entre no site festivaldorio.com.br, busque à direita na tela o filme que interessa a você. Na página do filme, você pode fazer o download das fotos clicando com a tecla direita do mouse, ou acessar o trailer hospedado no Youtube na aba trailer. Para fotos de cobertura de eventos, tapete vermelho e outros, acesse este link, a partir do 6 de outubro.

Você já pode acessar uma seleção parcial das fotos aqui, neste link.

Siga o Festival do Rio nas redes sociais:

Comments


bottom of page