top of page
  • Foto do escritorglowpopbr

Festival do Rio, que acontece de 5 a 15 de outubro, anuncia primeiros filmes internacionais

Filmes que fizeram sucesso em Cannes, Veneza, Berlim, Sundance e San Sebastián estão na seleção de títulos internacionais.



Com uma curadoria que reúne mais de 100 filmes internacionais, o Festival do Rio anuncia alguns dos destaques das mostras Panorama do Cinema Mundial, Expectativa, Première Latina e Midnight Movies, para dar um gostinho aos cinéfilos do que virá por aí. A programação completa, incluindo filmes das mostras Itinerários Únicos, O Estado das Coisas e Clássicos & Cults, será divulgada até o final do mês. 


Neste primeiro anúncio dos filmes internacionais, destacam-se “Pobres Criaturas”, dirigido por Yorgos Lanthimos, com Emma Stone, Willem Dafoe e Mark Ruffalo e que venceu o Leão de Ouro no último Festival de Veneza; “May December”, dirigido por Todd Haynes, com Natalie Portman, Juliane Moore e Charles Melton; além da estreia da diretora Tina Satterno cinema, com “Reality”, o primeiro filme protagonizado por Sydney Sweeney após atingir o estrelato nas séries “Euphoria” e “The White Lotus”. Outra diretora estreante é Celine Song, com o aguardado drama romântico “Vidas Passadas”. 


O Festival do Rio também apresenta o novo filme da diretora portuguesa Susana Nobre, “Cidade Rabat”. Já “Elas por Elas” conta com sete histórias curtas dirigidas, roteirizadas e estreladas por mulheres sobre diferentes temas reunidos em uma antologia. 


Os premiados diretores brasileiros Heitor Dhalia e Karim Aïnouz terão seus longas-metragens de produção internacional exibidos pela primeira vez no Brasil. São eles: “Invisíveis”, com Emeraude Toubia, Robin Lord Taylor e Andréa Beltrão; e “Firebrand”, thriller de época estrelado por Jude Law e Alicia Vikander


Diretamente do Festival de Cannes, “Monster”, do realizador japonês Hirokazu Kore-eda, vencedor do Queer Palm 2023. O filme aborda de forma suave e delicada a relação entre dois jovens rapazes, entre o amor e a amizade. Já “Os Delinquentes”, um drama e thriller argentino dirigido por Rodrigo Moreno, foi apresentado na seleção da Un Certain Regard. Também exibido em Cannes, "Cobweb" (Geomijip), de Jee-woon Kim, estará nas telas do Festival do Rio. 


Entre os latino-americanos, o festival exibe o western “Os de Baixo”, de Alejandro Quiroga Guerra, em uma coprodução Argentina, Brasil, Bolívia e Colômbia. O evento traz ainda longas-metragens selecionados para representar seus países no Oscar. Entre eles, o filme “Mal Viver”, de João Canijo, candidato de Portugal. Será exibido “Viver Mal”, do mesmo diretor e elenco, que mostra outro ponto de vista sobre o mesmo tempo e o mesmo espaço. 


O Festival do Rio é apresentado pelo Ministério da Cultura, Shell e Prefeitura do Rio. Tem patrocínio master da Shell através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e apoio especial da Prefeitura do Rio – por meio da RioFilme, órgão que integra a Secretaria Municipal de Cultura e apoio FIRJAN. Realização: Cinema do Rio e Ministério da Cultura / Governo Federal. 


Sobre os filmes

Pobres Criaturas (Poor Things), Yorgos Lanthimos - Mostra Panorama Mundial

Estados Unidos, Irlanda

Distribuição: Disney

A fantástica evolução de Bella Baxter (Emma Stone), uma jovem que é trazida de volta à vida pelo brilhante e pouco ortodoxo cientista Dr. Godwin Baxter (Willem Dafoe). Sob a proteção de Baxter, Bella está ansiosa para aprender. Desejando conhecer mais sobre o mundo, Bella foge com Duncan Wedderburn (Mark Ruffalo), um advogado astuto e debochado, para uma aventura por vários continentes. Livre dos preconceitos de sua época, Bella se firma em seu propósito de defender a igualdade e a libertação. Vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza 2023. 



Vidas Passadas (Past Lives), Celine Song - Mostra Expectativa

Estados Unidos, Coreia do Sul

Distribuição: Califórnia Filmes

Nora e Hae Sung, dois amigos de infância profundamente conectados, se separam depois que a família de Nora decide sair da Coreia do Sul. Vinte anos depois, eles se reencontram em Nova York para uma semana fatídica em que confrontam noções de destino, amor e as escolhas de suas vidas, neste comovente romance moderno. Seleção oficial do Festival de Berlim e exibido no Festival de Sundance 2023. 



Monster (Kaibutsu), Hirokazu Kore-eda - Mostra Panorama Mundial

Japão

Distribuição: Imovision

Quando Minato começa a se comportar de maneira estranha, sua mãe sente que há algo errado com o filho. Ao descobrir que a culpa é de um professor, ela invade a escola exigindo saber o que está acontecendo. A verdade emerge gradualmente, à medida que a história se desenrola pelos pontos de vista da mãe, do professor e da criança. Vencedor do prêmio de Melhor Roteiro e da Queer Palm no Festival de Cannes 2023. 



Reality (Reality), Tina Satter - Mostra Expectativa

Estados Unidos

Distribuição: Imagem Filmes

Em uma tarde de sábado, em junho de 2017, Reality Winner (Sydney Sweeney), uma garota de 25 anos usando jeans com barras cortadas, é confrontada em sua casa, na Geórgia, por agentes do FBI. Uma conversa enigmática tem início e a vida de Reality prontamente começa a ser devassada. Essa é a incrível história real de uma jovem que provocou uma tempestade midiática ao vazar um relatório secreto da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos para a imprensa. Exibido no Festival de Berlim 2023. 



Firebrand (Firebrand), Karim Aïnouz - Panorama Mundial

Reino Unido

Distribuição: Paris Filmes

Na ensanguentada Inglaterra dos Tudor, Katherine Parr, a sexta e última esposa do rei Henrique VIII, é nomeada regente enquanto o tirano batalha no exterior. Ela se esforça para promover um novo futuro com base em suas radicais crenças protestantes. Quando o rei, cada vez mais doente e paranoico, retorna, ele direciona sua fúria contra os radicais, acusando uma amiga de infância da esposa de traição e queimando-a na fogueira. Horrorizada e enlutada, mas forçada a se esconder, Katherine se vê lutando pela própria sobrevivência. Seleção oficial do Festival de Cannes 2023. 



Os Delinquentes (Los Delicuentes), Rodrigo Moreno - Première Latina

Argentina, Brasil, Luxemburgo, Chile

Distribuição: Vitrine Filmes em parceria com MUBI

Dois bancários, Román e Morán, questionam suas rotinas e seus cotidianos tediosos em Buenos Aires. Um deles encontra uma solução: cometer um crime. Ele envolve o parceiro no projeto e, de certo modo, é bem-sucedido no plano. Isso os leva a uma grande mudança de vida, na esperança de uma existência mais satisfatória. Exibido na mostra Un Certain Regard no Festival de Cannes 2023. 



Invisíveis (The Ballad of a Hustler), Heitor Dhalia - Panorama Mundial

Estados Unidos, Brasil

Ao sair da prisão, o brasileiro Jonathan descobre que sua ex-noiva desapareceu, deixando para trás um filho de seis anos. A dupla improvável se aventura no perigoso submundo da imigração ilegal de Nova York, em uma tentativa desesperada de encontrá-la. 



Elas por Elas (Tell It Like a Woman), Taraji P. Henson, Catherine Hardwicke, Silvia Carobbio, Leena Yadav, Maria Sole Tognazzi, Lucía Puenzo, Mipo Oh - Panorama Mundial

Estados Unidos, Índia, Itália, Japão

Distribuição: A2 Filmes

Este é um filme antológico composto por sete contos cujo denominador comum é a representação de protagonistas femininas. Cada uma dessas mulheres, tão diferentes, enfrenta um desafio particular em sua vida com extrema determinação e coragem, que as tornam mais fortes e autoconscientes. Indicado ao Oscar de Melhor Canção Original.  



Cidade Rabat (Cidade Rabat), Susana Nobre - Mostra Expectativa

Portugal, França

Distribuição: Bretz Filmes

Helena tem 40 anos e uma filha de 12, chamada Maria, que vive com o pai em semanas alternadas. Ela trabalha como produtora de cinema e se sente sufocada pela burocracia de suas funções. Após a morte da mãe, Helena é atingida por um sentimento de orfandade, assombrado pelo ambiente mórbido que a envolveu nos últimos tempos. Esse olhar voltado às misérias e tristezas do mundo, e o fato de estar na metade da vida despertam nela uma segunda adolescência. Exibido na mostra Forum no Festival de Berlim 2023. 



Cobweb (Geomijip), Jee-woon Kim - Mostra Midnight Movies

Coreia do Sul

Distribuição: Pandora Filmes

Após uma estreia bem-sucedida, o diretor Kim sofre ataques mordazes dos críticos na Coreia dos anos 1970. Ao terminar mais um longa, Cobweb, ele tem sonhos vívidos com um final alternativo durante vários dias. Sentindo que essas cenas podem transformar seu filme em uma obra-prima, ele luta por dois dias de filmagem adicional. O roteiro reescrito, no entanto, não passa pela censura, e os atores não conseguem entender o novo encerramento. No meio de tanta confusão, o cineasta nota que está prestes a enlouquecer, mas continua em frente... Exibido no Festival de Cannes 2023. 



Os de Baixo (Los de Abajo), Alejandro Quiroga Guerra - Première Latina

Argentina, Brasil, Bolívia, Colômbia

Gregório é um camponês rústico e idealista, que vive frustrado no povoado de Rosillas. Arrogante e atrevido, ele deseja recuperar as águas do velho açude da família, que foram desviadas pelo Coronel Igrejas — um fazendeiro argentino que age em conluio com o prefeito do povoado para beneficiar a própria vinha. Gregório precisa enfrentar o desprezo dos vizinhos, a corrupção e o poder da elite, deixando de lado o amor pelo filho, o cuidado com os pais e um romance. Como sobrevive aquele que permanece na terra que todos decidiram deixar? 



Mal Viver (Mal Viver), João Canijo - Panorama Mundial

Portugal, França

Distribuição: Zeta Filmes

Num hotel de administração familiar na costa norte de Portugal, vive um grupo de mulheres de diferentes gerações do mesmo clã, cujas relações foram envenenadas pela amargura. Enquanto tentam sobreviver na hospedaria decadente, a chegada inesperada de uma neta incita problemas, reacendendo ódios latentes e ressentimentos acumulados no ambiente opressor. Vencedor do Prêmio do Júri no Festival de Berlim 2023. 



Viver Mal (Viver Mal), João Canijo - Panorama Mundial

Portugal, França

Distribuição: Zeta Filmes

Um hotel na costa norte de Portugal recebe hóspedes para o fim de semana. Um homem está dividido entre se fazer presente para a esposa e o espaço que sua mãe ocupa entre os dois. Uma mãe incentiva o casamento da filha para facilitar seu próprio caso de amor com o genro. Outra mãe vive através da filha, a impedindo de tomar suas próprias decisões. Três famílias no fim de seus ciclos de aceitação. Exibido no Festival de Berlim 2023.



May December, Todd Haynes - Panorama Mundial

Estados Unidos

Distribuição: Diamond Films

20 anos após um grande romance midiático, um casal enfrenta a pressão quando uma atriz (Natalie Portman) viaja até seu lar para se preparar para um filme sobre o passado deles. O filme teve sua estreia mundial na Competição do Festival de Cannes de 2023. 




Sobre o Festival do Rio

O Festival do Rio é um dos maiores da América Latina. Desde sua criação, já foram exibidos 7 mil longas, incluindo obras recém-premiadas em Cannes, Berlim, Toronto, Veneza e outros. Formador de público, mas também de mão de obra, o Festival do Rio capacitou milhares de profissionais. Anualmente o evento reúne, além de filmes exibidos nos mais importantes festivais mundiais, diversas mostras temáticas e sessões populares. Distribuídos em diferentes mostras, incluindo a competitiva Première Brasil, os filmes nacionais compõem parte fundamental do festival, que é a maior vitrine da produção brasileira. Na área profissional e de negócios, o RioMarket reúne executivos, talentos e profissionais do audiovisual. 


O Festival do Rio é apresentado pelo Ministério da Cultura, Shell e Prefeitura do Rio. Tem patrocínio master da Shell através da Lei Federal de Incentivo a Cultura, e apoio especial da Prefeitura do Rio – por meio da RioFilme, órgão que integra a Secretaria Municipal de Cultura. Realização: Cinema do Rio e Ministério da Cultura / Governo Federal. 


Sobre a Shell

Há 110 anos no país, a Shell é uma empresa de energia integrada com participação em Upstream, no Novo Mercado de Gás Natural, Trading, Pesquisa & Desenvolvimento e no Desenvolvimento de Energias Renováveis, com um negócio de comercialização no mercado livre e produtos ambientais, a Shell Energy Brasil. Aqui, a distribuição de combustíveis é gerenciada pela joint-venture Raízen, que recentemente adquiriu também o negócio de lubrificantes da Shell Brasil. A companhia trabalha para atender à crescente demanda por energia de forma econômica, ambiental e socialmente responsável, avaliando tendências e cenários para responder ao desafio do futuro da energia.

Comments


bottom of page