top of page
  • Foto do escritorglowpopbr

I Wanna Be Tour estreia com Simple Plan, A Day To Remember, The All-American Rejects, NX Zero e mais

Realizada pela 30e, a turnê itinerante tem passagem confirmada por cinco capitais: São Paulo, Curitiba, Recife, Rio de Janeiro e Belo Horizonte






Toda viagem merece uma trilha sonora! E quando essa viagem tem como destino um tempo nostálgico que marcou (e formou) gerações, essa trilha precisa ser, como dizem por aí, sem defeitos. Pensando nisso, a 30e idealizou a I Wanna Be Tour, uma turnê que tem formato inédito no Brasil, levando atrações múltiplas para cidades além do eixo Rio-São Paulo. A turnê itinerante reunirá – em sua primeira edição – nomes nacionais e internacionais que têm o rock, as suas nuances e atitudes como ponto de partida. São eles: Simple Plan, A Day To Remember, The All-American Rejects, All Time Low, The Used, Asking Alexandria, NX Zero, Pitty, Boys Like Girls, Mayday Parade, Plain White T’s e Fresno. As doze atrações estarão presentes em todas as cidades pelas quais a I Wanna Be Tour passar: São Paulo (2 de março, no Allianz Parque), Curitiba (3 de março, no Estádio do Couto Pereira), Recife (6 de março, na Área Externa do Centro de Convenções Pernambuco), Rio de Janeiro (9 de março, no Engenhão - Estádio Nilton Santos) e Belo Horizonte (10 de março, na Arena da Independência). A venda de ingressos começa no dia 4 de outubro, a partir do meio-dia, na Eventim.


"Eu acompanho a cena do pop punk há algum tempo, e logo depois da pandemia percebi que houve uma grande procura, no exterior, de artistas desse gênero. E foi assim que pensamos na 30e: por que não fazer algo do gênero no Brasil, mas do nosso jeito? Esse foi o ponto de partida para a inspiração e criação do I Wanna Be Tour. Começamos a correr atrás dos artistas e montar um verdadeiro quebra-cabeças para realizar uma turnê inédita em nosso país e que juntasse o melhor que existe nesse segmento dentro e fora do Brasil", afirma Caio Jacob, Vice-Presidente de Global Touring & Festivals.


"Tivemos respostas muito positivas com as tours que realizamos neste último ano. As turnês ‘Titãs Encontro’ e 'Cedo ou Tarde', do NX Zero, por exemplo, se transformaram em experiências para além do que é esperado de um show. É como se, a cada apresentação, fosse criado um espaço de nostalgia capaz de reativar lembranças de bons momentos, mas também de criar novas memórias ao lado de amigos e família", comenta Guss Luveira, Vice-presidente de Marketing da 30e. "A ideia com a I Wanna Be Tour foi justamente a de abraçar uma geração e uma cena que foram muito importantes para a construção do pop punk dos anos 2000. Não à toa, toda a comunicação e identidade visual acompanham esse raciocínio. Vamos ter um espaço seguro e livre de julgamentos", ele complementa.


Desde sua ascensão no novo milênio ao estrelato da MTV até o ressurgimento moderno do pop-punk, o Simple Plan tem sido uma parte indelével da cultura pop desde sua formação em Montreal em 1999. Eles venderam 10 milhões de álbuns em todo o mundo e a banda está animada por se juntar à primeira edição da turnê I Wanna Be. “O Brasil sempre foi um lugar muito, muito especial para nós. Foi onde tivemos alguns dos nossos shows mais incríveis de todos os tempos e temos uma sensação louca de que esta turnê pode superar todos eles! Obrigado por todo o apoio incrível nas últimas 2 décadas! Mal podemos esperar para ver todos vocês nos shows! Fica ainda mais emocionante porque estamos vindo com algumas de nossas bandas e amigos favoritos”, diz Simple Plan sobre a I Wanna Be Tour.


Assim como as turnês mencionadas acima, a I Wanna Be Tour também terá o selo de qualidade da 30e no que diz respeito à inovação, estrutura e experiência. As doze atrações serão distribuídas entre dois palcos que estarão conectados por uma plataforma, dando muitas possibilidades às aguardadas performances.



Simple Plan O Simple Plan tem sido parte integrante da cultura pop mundial desde sua formação, em montreal, em 1999. Eles venderam 10 milhões de álbuns em todo o mundo, ganharam vários prêmios, se apresentaram nas olimpíadas de inverno em 2010 – e, mais recentemente, a banda lançou o bem-sucedido desafio #imjustakid no tiktok, que gerou mais de 3,4 milhões de vídeos na plataforma.


A Day to Remember Ao longo dos últimos anos, cada um dos lançamentos de A Day to Remember alcançou o primeiro lugar nas paradas de rock, indie e/ou alternativas da Billboard. Eles também venderam mais de um milhão de cópias,, acumularam mais de 800 milhões de streams no spotify e 500 milhões de visualizações no youtube. Tudo isso explica por que a rolling stone os chamou de “um artista que você precisa conhecer”. Em outras palavras, o processo criativo deles funcionou e funcionou bem. O novo álbum bad vibrations, o quinteto de ocala, flórida, mudou de direção e rumou para um território desconhecido. Bad vibrations estreou em 2º lugar na billboard 200 e em 1º lugar no top album sales chart. Foi também o álbum número 1 na austrália, número 6 no reino unido e número 7 na alemanha.


The All-American Aejects Desde o início da sua carreira, os titãs do rock alternativo/power pop, The All-American Rejects venderam mais de 10 milhões de álbuns em todo o mundo e ajudaram a definir um som pós-emo que marcou uma década com os sucessos “gives you hell”, “dirty little secret”, “move along”, “swing, swing” e “it ends tonight”. Nada mal para uma banda que começou sua carreira tocando pela primeira vez em uma escola na cidade de stillwater, em oklahoma, nos estados unidos.


All Time Low O quarteto de pop punk nasceu em 2003, em baltimore, nos estados unidos, e é formado por alex gaskarth, jack barakat, zack merrick e rian dawson. All Time Low inegavelmente conquistou, embora despretensiosamente, seu lugar na cultura pop. O segundo álbum da banda, so wrong, it’s right, lançado em setembro de 2007, foi classificado pela revista rolling stone entre os 50 melhores álbuns de pop punk. A música “monsters” [feat. Black bear] ficou no primeiro lugar do ranking da billboard alternative airplay chart por 18 semanas.


The Used Esta banda norte-americana foi formada em utah em 2000. Atualmente conta em sua formação com bert mccracken (vocais), quinn allman (guitarra), jepha howard (baixo) e dan whitesides (bateria). Seu último lançamento, “toxic positivity”, segundo bert maccracken, é composto pelas mais sinceras músicas que ele já escreveu. E quem conhece sabe que ele não faz essa afirmação de forma leviana. Maccracken é conhecido por fazer composições como válvula de escape para revelar seus pensamentos e emoções mais íntimos.


Asking Alexandria Desde 2008, o Asking Alexandria estabeleceu um mundo de rock completamente próprio. Agora, mais de bilhões de streams e visualizações cumulativas posteriormente, com um novo rótulo por trás deles - a banda assinou um acordo global com a better noise music em 2021 - o grupo de rock do reino unido está preparando seu próximo capítulo na história da música. Composto por sua formação original - ben bruce (guitarra, backing vocals), danny worsnop (vocais), james cassells (bateria), cameron liddell (guitarra) e sam bettley (baixo) - o quinteto chegou a um lugar de clareza e senso renovado em seu propósito artístico.


NX Zero

Esta banda surgiu do rock alternativo underground e conquistou o mainstream. Formada em são paulo em 2001, é composta pelo vocalista di ferrero, os guitarristas gee rocha e fi ricardo, pelo baterista dani weksler e o baixista caco grandino. O álbum “nx zero” (2006), estreia da banda em uma grande gravadora, gerou uma série de singles de sucesso, entre eles: “apenas um olhar”, “além de mim” e “razões e emoções”.


Pitty O álbum “admirável chip novo” foi um marco na música brasileira por vários motivos. Um disco de rock de uma cantora e compositora baiana lançado por uma gravadora independente fez enorme sucesso em todo brasil. Pitty virou uma referência ao falar sobre assuntos que mais tarde ganhariam mais importância: feminismo, respeito às diversas existências, o excesso do culto à imagem e o controle da mídia, isso antes das redes sociais.


Boys Like Girls Dizem que existe algo especial nas águas do rio charles, em boston, e, se isso for verdade, uma lenda afirma que os integrantes da banda boys like girls a beberam. Essa seria a explicação para seu sucesso meteórico desde sua formação em 2004. O álbum love drunk, por exemplo, de 2009, alcançou o primeiro lugar no top rock albums chart e o top 10 na billboard 200. Atualmente, com meio bilhão de streams no spotify, fica claro que martin bennett johnson; paul charles digiovanni; john joseph keefe e morgan dorr fazem parte de um verdadeiro conto de fadas.


Mayday Parade A banda formada por derek sanders, jeremy lenzo, alex garcia, brooks betts e jake bundrick voltou às suas origens e, agora, cuida da própria carreira – lançando músicas em seus próprios termos e cronograma. Isso não acontecia desde seu primeiro lançamento tales told by dead friends, disco independente que vendeu 50 mil cópias sem o apoio de uma gravadora. O mais recente single é “got me all wrong”.


Plain White T’s As músicas normalmente contam histórias, mas de vez em quando também abrigam personagens tão vivos quanto qualquer um na tela grande ou tão cheios de nuances e complexos quanto o protagonista de seu romance favorito. Uma boa quantidade de personagens inesquecíveis preenche o catálogo de plain white t's. Formado em 1997, o grupo de chicago, il – tom higgenson (vocais), tim lopez (guitarra solo e vocal), mike retondo (baixo) e de’mar hamilton (bateria) – o grupo atraiu uma base de fãs entusiasmados ao longo de sua carreira com oito álbuns incontáveis shows com ingressos esgotados.


Fresno Formada em 1999, em porto alegre, no rio grande do sul, a banda Fresno trilhou uma carreira que a coloca em um lugar único no panorama do rock brasileiro. "único" pelo fato de que nem a banda nem seu público se prenderam a serem representados por hits de rádio de uma década atrás. Auto-gerida desde a saída de uma major, a banda passou a produzir os seus próprios álbuns, trazendo novas referências a cada um deles, expandindo sua paisagem sonora que, hoje, é tão ampla quanto se pode ser.


I Wanna Be Tour 2023


Atrações: Simple Plan, A Day To Remember, The All-American Rejects, All Time Low, The Used, Asking Alexandria, NX Zero, Pitty, Boys Like Girls, Mayday Parade, Plain White T’s e Fresno


Datas e locais: 2 de Março - São Paulo - Allianz Parque 3 de Março - Curitiba - Estádio do Couto Pereira 6 de Março - Recife - Area Externa do Centro de Convenções Pernambuco 9 de Março - Rio de Janeiro - Engenhão - Estádio Nilton Santos 10 de Março - Belo Horizonte - Arena da Independência


Ingressos: Link de vendas: https://www.eventim.com.br/iwannabetour Classificação: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.

Sobre a 30e: De trinta em trinta anos acontecem importantes revoluções no planeta Terra. E sejam elas no âmbito social, tecnológico ou ambiental, de alguma forma, influenciam toda a Humanidade. E é com esse mote que em 2020 surge a 30e. Todo passo dado pela empresa tem como máxima o propósito delivering happiness. Ou seja, a cada show, festival ou evento que a 30e coloca no palco existe o objetivo central de entregar momentos de felicidade para as pessoas. E, por isso, não demorou muito para que a empresa ganhasse credibilidade junto ao mercado, se tornasse requisitada entre os artistas e criasse proximidade e admiração entre todos os fãs de música. Responsável por três festivais (MITA, GPWeek e KNOTFEST), a 30e realizou um total de 135 shows em 2022. Só para citar alguns: The Killers, Gorillaz, Twenty One Pilots e J Balvin. Este número deve ser superado em 2023, ano em que a produtora já trouxe Lana del Rey, Florence and The Machine e Wu-Tang Clan e, até o fim do ano, ainda colocará nos palcos brasileiros: Paul McCartney, Roger Waters, Kendrick Lamar, Evanescence, Halsey, entre outros. Turnês com mega estruturas estão se mostrando uma área de excelência da 30e, como atestam Titãs Encontro, que reúne a formação clássica do grupo, e a SUPER TURNÊ, de Jão, que tem início em janeiro de 2023.



Comments


bottom of page