top of page
  • Foto do escritorDavi Rocha

Imaginário - Brinquedo Diabólico: uma Jornada Genérica pelo Terror


Jéssica ao voltar com a família a sua casa de infância, observa uma mudança de comportamento em Alice, a enteada mais nova, ao encontrar um urso de pelúcia chamado Chauncey. Jessica começa a se tornar cada vez mais preocupada e percebe que Chauncey é muito mais que um brinquedo inofensivo. Embora apresente uma premissa interessante, com Jessica descobrindo o sinistro segredo por trás do urso de pelúcia, o filme parece seguir um roteiro genérico que não oferece muitas surpresas, resultando em mais um exemplar genérico e esquecível do gênero.


Cresci imerso nos clássicos do terror, desde 'O Iluminado' até 'Alien' e 'Sexta-Feira 13', sempre em busca da próxima experiência arrepiante. No entanto, ao assistir 'Amigo Imaginário', percebe-se que o filme se encaixa apenas como mais um entre tantos lançamentos do gênero, sem trazer a originalidade ou o impacto que eu esperava encontrar. 


Na tentativa de homenagear clássicos do terror juntos há referências contemporâneas - Coraline e Stranger things - acaba sendo uma colagem desordenada de elementos familiares, que não conseguem criar uma identidade própria para o filme.

 

Apesar da sólida atuação de Dewanda Wise como protagonista, o filme sofre com diálogos expositivos que quebram a imersão e parecem mais forçados do que informativos. A personagem de Betty Buckley é mal aproveitada, sendo relegada a diálogos pouco naturais e desnecessariamente explicativos. Essa falta de sutileza na entrega de informações importantes prejudica a narrativa e frustra o espectador, que acaba sentindo-se subestimado pela produção.


Os efeitos práticos são toscos e pouco convincentes. Ao invés de  provocar sustos genuínos, esses efeitos muitas vezes acabam provocando risos. Embora "Amigo Imaginário" consiga construir alguns momentos de tensão, falha em criar uma atmosfera verdadeiramente assustadora. No terceiro ato, uma tentativa de plot twist mal construído se revela mais como um retcon do que uma virada genuína na trama, evidenciando ainda mais a falta de originalidade do filme. No final das contas, "Amigo Imaginário" deixa uma sensação de decepção e desperdício de potencial, falhando em se destacar em meio ao vasto universo do terror contemporâneo.


Comments


bottom of page