top of page
  • Foto do escritorAllan de Menezes

McFly encerra turnê pelo Brasil com show histórico no Rio de Janeiro, se tornando o maior de sua carreira!

Show aconteceu no último dia 5 de maio, na Barra da Tijuca


Crédito: Tuiki / @_tuiki/ @Zilmel.com.br


Dois anos após sua última passagem pelo Brasil, os queridinhos do McFly retornaram ao país para divulgação do novo álbum “Power to Play” (2023), fazendo duas apresentações em São Paulo e uma no Qualistage, casa de shows situada na Barra da Tijuca – Rio de Janeiro.


Antes de acontecer a apresentação, o guitarrista Danny Jones deu um spoiler de como seria a apresentação, compartilhando em suas redes sociais que a apresentação do Rio de Janeiro poderia ser uma das melhores apresentações da carreira da banda e que haveria preparado o setlist mais longo de todos.


Por logo, todos os setores se preenchiam rapidamente, as fãs de carteirinha já tomavam completamente a frente do palco, de fato, tudo sendo facilmente direcionado para ser um grande espetáculo, assim, começando por volta de 20:15hrs, os meninos abriram a noite com o som pesado de “Where Did All the Guitars Go?” e botaram todo mundo para pular e gritar.


Crédito: Tuiki / @_tuiki/ @Zilmel.com.br 


Diante da super recepção calorosa, com gritos e aplausos tão exaltados, que nem respiraram direito e já emendaram música atrás de música para alegria de todas as fãs que estavam lá, como “Land of the Bees” e salvo destaque inicial para “One For The Radio” que havia formado o primeiro grande coro ensurdecedor da noite.


E quem achava que o show poderia dar aquela quebrada de clima, se enganou, parece que a cada música os garotos estavam na vontade de incendiar mais ainda o lugar, pois na sequência em “God of Rock ‘n’ Roll”, música do mais recente trabalho, era notável tamanha animação em tão pouco de show, logo onde no refrão em “A-amen”, o lugar parecia ecoar apenas uma palavra em sintonia.


Após o congraçamento do coro de um público só, o grupo pode retornar ao passado um pouco mais, trazendo forte a nostalgia de quem estava presente com “Friday Night”,  “Corrupted” e “Lies”, canção essa última que fez parte da trilha sonora da novela “Caminho das Índias”. Logo mais, o público conferir “I’m fine” e “Rota 55”, que estão presentes no mais novo lançamento do grupo.


Crédito: Tuiki / @_tuiki/ @Zilmel.com.br 


Chegando agora e um dos momentos mais aguardados pelos fãs brasileiros, que era a presença da banda Fresno, que após participações deles em SP, os fãs cariocas imploraram para ocorresse a reunião pelo Rio de Janeiro também, assim, pedidos atendidos e a reunião do McFresno foi um dos momentos mais icônicos do show, tocando a música de parceria das duas bandas “Broken By You”.


Crédito: Tuiki / @_tuiki/ @Zilmel.com.br 



Posteriormente a reunião mais aguardada do dia, outro momento que se destacaria facilmente como top 3 do show, durante a execução de “Everybody Knows”, eles escolheram a dedo uma fã para que subisse no palco e tocasse um Cowbell (instrumento de percussão), para alegria da fã que subir ao palco de seus ídolos, seja com certeza um dos momentos mais marcantes da sua vida.


Por ora, já passando por quase mais de uma hora de show, a banda ainda parecia super à vontade no palco, demonstrando que ainda teria muita lenha para queimar, e de imediato tocam uma das suas músicas mais famosas, “Star Girl”, para delírio e redenção de vez do público.

Perto de se aproximar da primeira pausa do show, Dougie dedicou a antiga conhecida dos fãs “Transylvania” a Harry, e assim antes, após pequena troca de palco, para o momento acústico dos meninos, foram tocadas as raras “Happiness” e “Obviously”


Crédito: Tuiki / @_tuiki/ @Zilmel.com.br 


Agora com o palco trocado, para o momento a sós de Tom e Danny no palco para versões acústicas, “Walk in The Sun”, Not Alone e  “No Worries” que foi bastante pedida pelas fãs nas redes sociais. Antes de fechar o set acústico, as fãs cantarolaram “Bubble Wrap” e a banda em si nem hesitou e toca-la antes de “All About You”, outro super hit dos garotos.



No entanto, para encerrar a apresentação dessa última, Dougie e Harry voltaram ao palco para acelerar mais o ritmo e dar mais vida ao ritmo, e tocar “Shine On” e “Red” e trazer todo calor e gritos histéricos novamente.


Crédito: Tuiki / @_tuiki/ @Zilmel.com.br 


Após atravessar por quase toda a discografia, a banda sai do palco para o bis com a promessa de que a volta do palco promete ser histórica, após Dougie dizer que está sendo o show favorito de sua vida.

Por fim, chegando na reta final do show, a banda tocou as já ensaiadas pelos fãs “Forever’s Not Enough”“Falling in Love”“Honey I’m Home”, e logo para a surpresa de todos que estavam naquela noite, incluíram de última hora as músicas “POV” e “The Heart Never Lies”, que estavam fora do repertório há algum tempo.


Crédito: Tuiki / @_tuiki/ @Zilmel.com.br 


Fechando com chave de diamante e com a casa de shows quase indo abaixo tamanha admiração e loucura que estava acontecendo em cima do palco, a sintonia entre fã e artista nunca foi tão verdadeira durante os últimos minutos, a atmosfera transbordava amor e admiração, gritos de felicidade se misturando com as vozes dos garotos durante a apresentação do hit mais famoso “5 Colours in Her Hair”, sendo impossível presenciar alguma pessoa naquele momento que não estivesse pulando.


Assim, dito e feito, em quase duas horas, a banda levou seu público fiel a uma viagem no tempo de quase 20 anos, tocando ao total de 30 músicas.

Comments


bottom of page