top of page
  • Foto do escritorglowpopbr

Paula Toller celebra 40 anos de carreira em parceira com a 30e

Intitulada "Amorosa", a turnê tem datas confirmadas por quatro cidades do país. A artista celebra: "40 anos de poder feminino"



“Fazer amor de madrugada...” esse refrão é, até hoje, entoado por milhões de brasileiros que foram arrebatados pelo lançamento do álbum de estreia do então grupo Kid Abelha e Os Abóboras Selvagens, lá no início de 1984. Mas não se pode negar que foi através da voz inconfundível e marcante, considerada uma das melhores vozes da música popular brasileira, que a música ganhou força. E isso aconteceu graças à Paula Toller! Hoje, 40 anos depois, a cantora e compositora Paula Toller segue em carreira-solo, prepara uma série de shows por todo Brasil produzidos pela 30e e celebra: "quatro décadas de poder feminino".


A turnê “Amorosa” começa o ano de 2024 com um show em Campinas, no dia 13 de janeiro, no Royal. Depois, segue para o Rio de Janeiro, no Vivo Rio, no dia 26 de janeiro, onde haverá a gravação de um material audiovisual. Em seguida, desembarca em São Paulo, no dia 9 de março, na Vibra; e no dia 6 de abril será a vez de Porto Alegre receber a turnê no Araújo Vianna. Novas datas de shows serão anunciadas em breve em Recife, Fortaleza, Salvador e Curitiba.


A venda de ingressos começa na próxima quarta-feira, 1 de novembro, na Eventimou nas bilheterias oficiais (mais informações ao final), a partir do meio-dia.


"O ano de 2023 estabeleceu uma conexão muito importante entre os artistas nacionais e a 30e. Nós queremos estar ao lado de representantes de diferentes gêneros musicais e de gerações diversas. O nosso intuito está em contar uma história junto desses artistas, de forma que se torne uma memória especial para o público. Certamente, a parceria com Paula Toller está só começando", afirma Diogo Damascena, diretor artístico nacional da 30e.

No repertório de “Amorosa”, além dos grandes sucessos, Toller também apresentará seu último lançamento. “Com muita emoção, vamos tocar a música 'Perguntas', do Beni Borja, meu saudoso amigo e parceiro nos primórdios do Kid. Amorosa é uma celebração de toda minha carreira, mas também um propósito de vida daqui pra frente”, afirma a cantora e compositora.


O show é uma verdadeira antologia de toda sua carreira-solo e no Kid Abelha; clássicos de 40 anos de carreira compõem o setlist, como "Nada Sei", "Lágrimas e Chuva", "Amanhã é 23" e "Como eu quero", entre outras, celebrando a especial conexão da artista com seu público. 

A direção musical e arranjos são do lendário produtor Liminha. "O show tem um repertório de hits e, quando o público acha que terminou, mais hits! Montei o roteiro com o Liminha, nós amamos ver o público cantando do início ao fim. Tem também 'Perguntas' e 'Eu amo Brilhar', meus últimos lançamentos, tem uma homenagem a Rita Lee, tem pedidos das pessoas das redes sociais...é muita alegria nesse set list!", comemora a artista. 

"O lindo cenário, do consagrado designer Gringo Cardia, é baseado nas imagens de Genaro de Carvalho, pintor e tapeceiro modernista. Havíamos trabalhado juntos na primeira grande turnê do Kid, em 1987, e em alguns clipes e capas de disco", destaca Paula Toller.


A fabulosa banda que acompanha Paula Toller tem Liminha com seu violão envenenado, mais Gustavo Camardella (violão e vocal) , Pedro Dias (baixo e vocal) , Gê Fonseca (teclados e vocal) e Adal Fonseca (bateria).


"O show vem para celebrar a minha conexão amorosa com o público, com a minha geração e as outras que estão vindo. Mesmo sendo um show de rock, traz a energia delicada e potente de João Gilberto, que ouvi sem parar e me deu muito conforto durante a pandemia. Sou uma pessoa de muita sorte por viver de música, ter um público entusiasmado e trabalhar com tantos artistas fabulosos, inclusive meus ídolos. O ‘tempo de serviço’ me deu muita confiança e isso transparece para a plateia", encerra Paula Toller.


コメント


bottom of page