top of page
  • Foto do escritorglowpopbr

Queremos! Festival agita público carioca com diversidade musical

Foto: Thaís Monteiro


Mesmo com a presença da chuva, a multidão pode acompanhar no último sábado

(15), na marina da glória a quarta edição do festival que ao menos uma vez ao ano

sacode total a zona sul do rio janeiro, com forte presença dos maiores artistas

nacionais já consgrados e da atualidade, de Mc poze do rodo até Marisa Monte.

Dentre as atrações nacionais como Liniker, Russo Parapusso, Flora Mattos, Zé

Ibarra e Rachel Reis. A banda Cymande e a cantora Yazmin Lacey, ambos britânicos que faziam parte da lista estrangeira, também se destacaram em conduzir o público com muito Jazz e Soul.


Como a vibe ideal pra dar início ao festival, o cantor, compositor e pianista Zé Ibarra,

de 25 anos, conhecido por integrar a banda Dônica, e o grupo Bala Desejo abriu o Palco

Cidade às 15h05 e entregou uma energia singular como já se espera da nova revelação

da musica brasileira com quem recentemente dividia palco como Milton Nascimento.


Foto: Thaís Monteiro


Logo em seguida, no Palco Bosque a mais nova revelação desse festival, a cantora

baiana Rachel Reis também de 25 anos que recentemente lançou seu album chamado

“Meu Esquema”, no qual foi indicado como revelação do Prêmio Multishow do ano

passado, no qual mistura aa essência da música de seu estado com referências do

universo pop, afrobeat e MPB, colocou todo mundo pra dançar e se divertir.

Assim, a parte diurna do Queremos! foi se encerrando com show do o rapper

paulista Rico Dalasam, um artista que vem se tornando-se uma das principais apostas

da música nacional contemporânea, não teve medo de encarar o público que esperava

ansiossímo pela Marisa Monte.


Foto: Thaís Monteiro


Foto: Thaís Monteiro


A bola da vez era as atrações internacionais, a inglesa Yasmin Lacey que se

destaca na cena global do black music que fez sua estreia nos palcos cariocas, não

decepcionou quem foi ao festival para vê-la, fazendo um show rico a influências do

reggae, do dancehall e do rap norte-americano, fazendo um passeio maravilhoso pelo

jazz e pelo soul.


Foto: Thaís Monteiro


Os veteranos londrinos do Cymande, que tocaram também pela primeira vez

no Rio, é uma das bandas mais reverenciadas e sampleadas da história do hip

hop, house e dance. Surgiu nos anos 70 na cena negra musical britânica, também não

deixaram a desejar, fazendo um show repleto de misturas ritmícas como funk, soul,

reggae, rock, música africana, calypso, jazz e o outros estilos musicais dançantes.


Foto: Thaís Monteiro


De volta ao Brasil após as explosões que foram os shows dos artistas mais novatos na

cena nacional e dos britânicos no Festival Queremos!, a voz atemporal da veterana do

festival, Marisa Monte embalou um público que já quase se amontoava para chegar

ainda mais perto do palco, mesmo sob a forte chuva não deixou o público desanimar.

Além das canções do novo álbum, o repertório do show destacou os momentos

inesquecíveis da carreira de mais de três decádas da cantora, clássicos, como: “Bem que me quis”, “Beija eu”, “Ainda lembro”. Também entrou no repetório músicas do grupo

Tribalistas formado por Marisa e pelos cantores Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes,

como “Velha infância" e “Já sei namorar”. A banda afiadíssima tem a guitarra de Davi

Moraes e o baixo de Dadi, dois companheiros dela há muitos anos. Na cozinha, o

percussionista Pretinho da Serrinha e o baterista Pupillo são comparsas musicais mais

recentes, mas a intimidade com a cantora é clara.


Foto: Thaís Monteiro


Complementando a noite que só melhorava a cada hora que passava, chegava a hora

de subir ao Palco Boque às 23:25, a cantora e compositora Liniker que abrilhantou a

noite nublada pós chuva, trajada de um vestido rosa pink e botas de bico fino prateadas,

a estrela nascida em Araraquara mostrou, mais uma vez, com sua leveza, presença de

palco e alcance vocal, que ocupar os espaços dos grandes eventos musicais brasileiros é

algo que faz com maestria.


Foto: @marcosrazevedo e @moodgate


Commentaires


bottom of page